A importância dos emulsificantes e como utilizá-los na produção de alimentos.

A importância dos emulsificantes e como utilizá-los na produção de alimentos.

Emulsificante, uma palavra difícil para descrever um dos mais importantes insumos da indústria alimentícia. Já falamos sobre a lecitina de soja, um emulsificante comum, vegano e muito útil no preparo dos mais diversos tipos de alimentos. Mas hoje, vamos falar de uma maneira mais abrangente sobre a importância dos emulsificantes, como e onde utilizá-los na produção de alimentos. 

Para começarmos, vamos lembrar um pouquinho sobre a sua história? Bom, o processo de emulsificação nasceu quando, após uma vitória em uma batalha em meados de 1700, um comandante francês ficou sem molho para servir no banquete da vitória. Ele então pediu para seu chefe de cozinha preparar algo com o que tinha disponível na cozinha. Só tendo óleo e ovos, ele resolveu bater toda essa mistura e desse processo nasceu a maionese. 

A maionese é um excelente exemplo do que é uma emulsão. Ela é uma fase hidrofóbica, ou seja, que não gosta de água, como o óleo dispersa em uma fase hidrofílica, que gosta de água. Isso só ocorre por conta da lecitina contida no ovo. Ou seja, uma emulsão é a mistura de dois líquidos que antes não se misturavam, como o óleo e a água. Quando é adicionada a lecitina à mistura, o resultado é um produto mais harmonioso, com melhores características e textura. 

Na indústria alimentícia, por exemplo, os emulsificantes possuem a capacidade de deixar a massa de bolos mais leves, macias e úmidas. Já quando pensamos em sorvetes, adivinhe, eles também são uma emulsão entre a gordura do leite e o suco de frutas, por exemplo, deixando ele mais cremoso e com a consistência que seus clientes amam. Na fabricação de produtos panificados, também encontramos emulsificantes para cobrir quaisquer tipos de deficiência que a farinha de trigo possa conter, deixando assim a massa mais elástica e um produto de qualidade padronizada e única. 

LEIA TAMBÉM:  Suco Natural: aumento da procura exige uma conservação adequada

Viu como os emulsificantes têm a capacidade de ajudar nos mais diversos tipos de produção das indústrias alimentícias? E é exatamente por isso que ele é tão importante. Ele possui a capacidade de melhorar a qualidade das receitas, proporcionando melhora na textura, na umidade e em muitos outros aspectos do alimento.. Fique com a gente, continue a leitura deste artigo e entenda mais sobre a sua importância e como utilizá-lo da melhor maneira possível. 

O que é e para que serve o emulsificante

O emulsificante também pode ser conhecido como surfactantes. A sua principal função e importância na indústria alimentícia é ser capaz de atrair moléculas que, naturalmente, seriam repelidas pela água, como as gorduras e o óleo, e as juntarem à água. Essa união faz com que as moléculas dos líquidos que antes não se misturavam, não se separe mais, dando origem às emulsões, como já falamos mais acima.  Quimicamente falando, isso significa que ele possui uma parte polar e uma parte apolar, assim como o sabão utilizado para lavar a louça e as roupas e, até mesmo, o sabonete que usamos diariamente para lavar as mãos e tomar banho. 

Ele ainda não possui glúten, o que é perfeito para a fabricação de produtos para pessoas celíacas, ou seja, aquelas que possuem alergia ou intolerância a esta proteína contida na farinha de trigo, por exemplo. Mais um ponto que comprova a sua importância para a indústria alimentícia está no fato dele dar volume para as receitas, umidade para massas e cremosidade para recheios. Além de fornecer uniformidade e um maior rendimento. 

A utilização dos emulsificantes para a sua empresa oferecerá para seus clientes uma melhor textura dos alimentos ao paladar e também ao toque. Produtos que possuem ótima qualidade, segurança alimentar garantida e ainda boa aparência aos olhos, possuem maior chance de se destacar no comércio de alimentos. 

LEIA TAMBÉM:  Por que utilizar cebola e alho em pó ao invés de produtos in natura?

Na produção dos alimentos ele irá fornecer:

  • Maior estabilidade no agrupamento das gorduras e dos fluídos a base de água, evitando que estes se separem;
  • A massa rende mais, se tornará mais uniforme e com a umidade ideal para o consumidor; 
  • Melhora na distribuição das bolhas de ar, deixando o alimento mais aerado e mais suave ao paladar;
  • Reduz o tempo de “batimento” da massa, pois apresentará os resultados desejados de maneira mais rápida e permanente. 

Como eu posso utilizar o emulsificante na minha indústria?

Cada emulsificante diferente existe o seu jeito ideal para ser utilizado nas receitas da sua empresa, mas a maneira mais comum em utilizar é realizar a adição do emulsificante enquanto a massa está sendo preparada, no momento em que os ingredientes secos e molhados estiverem sendo acrescentados. Em cremes, por exemplo, este processo irá garantir que todos os ingredientes deixem a massa mais macia, lisa e uniforme, deixando-a homogênea. 

A sua utilização poderá fazer com que o rendimento final da sua receita seja de até 30% maior do que sem a utilização do emulsificante, aliando a textura e a leveza que você procura. Já em relação a quantidade que deve ser utilizada, é necessário ver o modo de instrução contido na embalagem. A lecitina de soja Adilec da Adicel, por exemplo, é necessário que você utilize de 1 a 2 por cento da quantidade total da massa para obter o resultado desejado. Vamos supor que você deseja preparar 10 quilogramas de massa, então será necessário acrescentar entre 10 a 20 gramas de Adilec. 

Cada receita necessita de uma quantidade exata de produto, confira na embalagem o valor indicado pelo fabricante. A Adicel conta com uma série de emulsificantes para os mais diversos usos. Acesse o nosso site e confira o Polimil, um emulsificante para embutidos, as diferentes linhas de lecitinas, sejam elas líquidas ou em pó e também a Adilec. Deixe suas receitas ainda mais saborosas com os insumos da Adicel.

LEIA TAMBÉM:  Como o controle de qualidade pode interferir nos custos do seu produto

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *