Farofa Pronta: como conservar por mais tempo para vender

Farofa Pronta: como conservar por mais tempo para vender
Por conter diversos ingredientes diferentes, a conservação da farofa pronta requer uma atenção especial em sua produção, principalmente para quem pretende vender o produto.

 

A farofa pronta é um alimento que combina com várias receitas. Muitas delas requintadas com vários ingredientes e outras mais simples com bacon, alho, cebola, banana. Um dos acompanhamentos mais queridos da culinária, a farofa pronta cai bem tanto naquele churrasco no fim de semana quanto numa ceia de Natal. Além da praticidade oferecida hoje no mercado. Nas prateleiras é possível encontrar farofas prontas para vender de vários sabores e misturas.

Os principais ingredientes da farofa pronta são a farinha de mandioca ou milho, óleo vegetal ou gordura hidrogenada, sal, pimenta, temperos e condimentos. Devido às propriedades dos diferentes produtos utilizados em sua fabricação, é preciso ter cuidado com a conservação. Portanto, trouxemos algumas dicas para conservar a Farofa Pronta por mais tempo, confira!

 

Como conservar a farofa pronta por mais tempo?

Ao falar sobre conservação é importante prestarmos atenção em diversos fatores: modo de preparo, ingredientes utilizados, higiene, embalagem, dentre outros. Se a farofa for mais molhadinha, por exemplo, é preciso escolher o conservante ideal para ela.

Quando falamos em conservantes para farofas prontas, estamos pensando em produtos que vão ajudar na preservação das características do alimento por mais tempo nas prateleiras, garantindo satisfação do cliente e lucro ao vendedor.

O mercado disponibiliza vários conservantes. A escolha ideal depende da propriedade de cada alimento que precisa ser preservado por mais tempo. Um exemplo são os micro-organismos: quais deles afetam o alimento que compõe a receita da farofa? Sobre a acidez: qual a escala do pH?

LEIA TAMBÉM:  Motivos para usar Lecitina em suas produções

A partir do momento que essas perguntas são respondidas, podemos buscar o conservante mais indicado para farofas prontas.

Dióxido de Silício

O Dióxido de Silício Adicel (SiO2), também conhecido como sílica, é um mineral composto por dois átomos de oxigênio e um átomo de silício, além de ser um dos óxidos mais abundantes na terra. É geralmente de cor branca ou incolor, sendo um aditivo alimentar importante para farofas.

Sua principal função é como anti-umectante (antiaglutinante), pois quando é adicionado a uma mistura, impede que os ingredientes fiquem grudados.

Dióxido de Silício - 50g
Dióxido de Silício – 50g

Antioxidante BASS – Anti Ranço

O Antioxidante BASS pode ser utilizado em produtos com altas concentrações de óleos e gorduras na sua composição. Ele ajuda a controlar a oxidação natural que os produtos gordos sofrem quando em contacto com altas e médias temperaturas e o oxigênio no ar.

O Antioxidante BASS também atua no sentido de retardar a deterioração, ranço e descoloração resultantes da oxidação. Além disso, ele pode melhorar a estabilidade da cor dos alimentos.

O Antioxidante Bass já é usado como conservante e antioxidante de farofas prontas por diversos fabricantes de alimentos.

Antioxidante BASS Evita Ranço - 1kg
Antioxidante BASS Evita Ranço – 1kg

 

Se você é produtor de farofas e busca se destacar no mercado com um produto de qualidade sem perdas e prejuízos, não tenha medo de usar os conservantes fabricados pela Adicel Ingredientes.

Os aditivos vão ajudar a conservar melhor a farofa pronta, obtendo ótimos resultados de vendas, com um diferencial no mercado.

 

Conheça melhor nossos produtos no site da Adicel Ingredientes.

 

6 comentários sobre “Farofa Pronta: como conservar por mais tempo para vender

  1. Em qual momento do preparo de minha farofa devo acrescentar o antioxidante?

  2. Posso usar dióxido de silício em farinha composta, como (farinha de trigo, amido de milho e fubá), para que os empanados não fiquem úmidos e se grudem na embalagem a vácuo?
    Obrigada.

    1. Olá, Regina. Tudo bem? O mais correto seria utilizar o nosso Emulsificante a Base de Lecitina de Soja em Pó (Mix), o Adilec, na massa. Assim, evitaria que a gordura ou óleo da massa passe pra farinha do empanamento.

    1. Olá, Rafael. Tudo bem? Não conseguimos determinar quantos dias a mais será adicionado na validade do seu produto. Pois depende da matéria prima, manipulação, manipulador, processamento, armazenamento, embalagem, transporte, entre outros fatores. O interessante seria que você realizasse testes para verificar a nova validade do produto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *