Amido de milho: entenda os usos e benefícios

Amido de milho: entenda os usos e benefícios

Seja para fazer mingau ou para ser usado em alguma outra receita, o amido de milho se mostra presente como ingrediente indispensável na cozinha, principalmente por sua versatilidade.

Porém, muitas vezes fica a dúvida, por ser um produto industrializado, será que o amido de milho é mesmo saudável?

Para esclarecer esse tipo de dúvida sobre o amido de milho, nós listamos alguns de seus benefícios, confira:

 

Benefícios do Amido de Milho

Fonte de energia

Seja você adepto ou não de exercícios físicos, saiba que o amido de milho pode somar na sua dieta. Isso porque ele é uma ótima fonte de energia, ou seja, ele não só dá mais disposição para atletas como também pode ser um bom aliado para quem precisa focar no trabalho ou nos estudos.

Apenas para se ter uma ideia, 100 gramas do ingrediente possuem 361 kcal, como mostram dados da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. A título de comparação, a batata inglesa, que também possui amido, tem 64 kcal para cada 100 gramas do alimento.

Rico em vitaminas

Isso mesmo, o amido de milho é rico nas vitaminas A, E e do complexo B.

Esclarecendo melhor sobres essas vitaminas, a vitamina A auxilia o crescimento como e é boa para a vitalidade do cabelo e da pele.

Já a vitamina E é conhecida por ser um potente antioxidante. Portanto, combate os radicais livres no corpo, que, por sua vez, podem oxidar as nossas células, gerando o envelhecimento precoce. Além disso, fortalece o sistema imunológico, reduzindo as chances de o corpo sofrer com alguma doença.

Por fim, temos as vitaminas do complexo B. Cada uma deles possui uma função diferente no organismo, mas, de uma forma geral, elas contribuem para o bom funcionamento do sistema nervoso central. Com isso, evitam o surgimento de problemas ligados ao cérebro, como é o caso da demência.

LEIA TAMBÉM:  Como armazenar molhos e recheios salgados sem perder a qualidade

Minerais como cálcio, magnésio, potássio, fósforo e zinco também podem ser encontrados no produto, embora não sejam tão abundantes quanto no próprio milho.

Pode ser consumido por celíacos

Pessoas celíacas são aqueles que possuem intolerância ou alergia a glúten, o que significa o consumo da substância pode ser, em casos extremos, letal.

De uma forma geral, o glúten está presentes nos cereais, como trigo, aveia e seus derivados. A boa notícia é que o milho é uma exceção!

Isso significa que o seu amido pode ser usado como substituto da farinha sem medo.

 

Leia também:

Para que serve a Maltodextrina nos alimentos?

 

Mas afinal, o que é o amido de milho?

Como o próprio nome diz, o amido de milho é um derivado do milho. O milho é dividido em três partes: casca, gérmen e endosperma. Para fazer o amido de milho, apenas a endosperma é utilizada, onde estão concentrados o amido e a proteína. Depois, essa parte é moída até chegar à consistência semelhante ao talco.

Todo o processo ocorre dentro de uma fábrica especializada no refino. Antes da etapa final, toda a proteína é retirada.

 

Usos do Amido de Milho

Na culinária

Como já dito anteriormente, o Amido de milho é um ingrediente curinga. Ele tem diversos benefícios e pode ser utilizado de muitas formas. É ele que dá aquele toque secreto para deixar o bolo mais fofinho ou o manjar mais cremoso.

Com o Amido de Milho você pode preparar receitas doces ou salgadas, engrossar caldos ou sopas e até mesmo fazer cremes. Por isso, vale a pena sempre manter um pacotinho na sua dispensa!

Como espessante

Outra característica benéfica do amido de milho é o fato de ser um ótimo espessante. Ou seja, ele ajuda a dar mais cremosidade para as preparações, por meio de um processo semelhante ao que ocorre com a gelatina.

LEIA TAMBÉM:  Técnicas Infalíveis para um Empanado Crocante

A farinha também poderia ser usada com essa finalidade, mas ainda assim o amido de milho é melhor, pois além de não ter sabor, sua cor é mais opaca e a capacidade de engrossar é muito maior.

Sem contar o fato de que o produto ainda ajuda a reter a umidade de pães, bolos e tortas, fatores essenciais para conservar por mais tempo o prato.

Na área cosmética

O amido de milho pode ser utilizado também para manter a pele saudável ou para evitar leves irritações. Aliás, uma pasta feita com ele e um pouco de água alivia queimaduras por conta do sol, coceira devido à picada de insetos ou mesmo assaduras — que ocorrem especialmente em bebês.

Quem tem problemas de oleosidade na pele pode até mesmo adicionar um pouco de amido de milho nos cosméticos, como base, batom ou pó bronzeador, pois isso controla o brilho e dá um acabamento melhor na maquiagem.

Outra dica bem legal é usá-lo como talco nos sapatos e nos pés. Afinal, o amido de milho ajuda a reter a umidade e a evitar odores desagradáveis.

Para limpeza

Por mais diferente que seja, o amido de milho pode ser um aliado na hora da limpeza, especialmente para remover manchas de óleo.

Por exemplo, imagine que o óleo caiu na toalha de mesa ou em uma roupa favorita. Para resolver o problema, prepare uma pasta com o produto e um pouco de água e aplique no local atingido. Esfregue levemente e deixe agir por alguns minutos.

Depois, tire a mistura com um pano úmido e lave normalmente. Faça o teste e você verá como ele é eficiente para limpeza!

 

Alguns tipos de Amido de Milho comercializados pela Adicel:

LEIA TAMBÉM:  Qual o conservante ideal para licores e batidas?

 

Agora todos concordam que o amido de milho é um produto versátil? Gostaram de conhecer mais sobre as formas de uso e os benefícios do amido de milho? Se vocês conhecem outro uso do amido de milho escreva nos comentários e ajude outras pessoas a conhecer esse produto. Não deixem de compartilhar o artigo nas suas redes sociais para que os seus amigos e familiares também fiquem por dentro do assunto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *