Balas de gelatina: como aumentar sua durabilidade

Balas de gelatina: como aumentar sua durabilidade

As balas de gelatina ou balas de goma, marcaram parte da infância de muita gente. E até hoje elas fazem sucesso entre crianças e adultos. Quem trabalha com a produção dessas guloseimas, tem ciência da importância de ter um produto de qualidade disponível no mercado. Para isso, a conservação dos alimentos deve ser tratada com prioridade para aumentar a durabilidade dos produtos e consequentemente sua qualidade.

 O açúcar é um conservante natural, mas será que só este ingrediente basta para termos um produto por mais tempo nas prateleiras? Com certeza não. Até porque, hoje em dia, o mercado disponibiliza balas de gelatina que não possuem açúcar em sua composição. Neste caso, como conservar balas sem açúcar? 

 A resposta para esta pergunta está em muitas técnicas modernas usadas para garantir um produto de qualidade, mas também nos conservantes que o mercado disponibiliza.

 

Como são feitas as balas de goma ou gelatina?

 Como o próprio nome diz, a base (um dos ingredientes principais) das balas de goma é a gelatina. Mas não é só isso. Outros ingredientes estão inseridos na receita dessas guloseimas coloridas como açúcar, glucose, aromas, corantes e goma arábica.

Conservantes usados na produção da Bala de Gelatina:

Quando falamos do uso de conservantes em receitas de balas de goma, estamos pensando na facilidade de alcançar uma textura ideal além da prevenção de alterações físicas como a migração de água, cristalização do açúcar e alterações de textura no decorrer da vida útil do produto.

 Entre os conservantes mais utilizados na produção das balas podemos destacar a glucose. A glucose de milho é um açúcar obtido a partir do amido de milho, seu principal uso é no mundo da confeitaria, onde proporciona maior viscosidade e melhora a textura dos alimentos, tornando mais macios e cremosos. Além disso, a glucose de milho evita a cristalização do açúcar. Nas receitas de balas de goma ela dá textura à gelatina. 

LEIA TAMBÉM:  Manual de como conservar massas

 Outro ingrediente que pode ser adicionado a receita é a Pectina Cítrica. Ela é uma fibra solúvel produzida a partir da casca de frutas cítricas, naturalmente encontrada em frutas e em vegetais. Quando aquecida em contato com o açúcar (inclusive com o açúcar naturalmente encontrado nas frutas, a frutose) e um ácido (normalmente suco de limão), a pectina forma um gel viscoso que tem a propriedade de espessar, proporcionando a textura ideal.

Pectina Cítrica ATM - 200g
Pectina Cítrica ATM – 200g

Alem da preocupação com textura e sabor, o prazo de validade do produto na prateleira também deve ser levado em consideração. Balas de goma costumam ter prazos de validades estipulados mais longos, de um ano, por exemplo, mas a depender do tipo de ingrediente, esse prazo pode diminuir e o produto acabar degradado na prateleira.

 Neste caso, o sorbato de potássio pode auxiliar. Ele é um aditivo que previne o desenvolvimento microbiano como a levedura, as bactérias, o mofo e os fungos. Alem disso, também preserva outras características como o sabor, textura, cor e o valor nutritivo dos alimentos onde é aplicado. 

Sorbato de Potassio Granulado - 125g
Sorbato de Potassio Granulado – 125g

Se destaque no mercado oferecendo aos clientes e consumidores produtos com a mesma qualidade que foram fabricados. Acesse o site da Adicel Ingredientes e conheça outros conservantes disponíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *