Aplicação do acidulante ácido cítrico nos alimentos

Aplicação do acidulante ácido cítrico nos alimentos

Na preparação e conservação dos alimentos, todos os ingredientes e componentes químicos que visam conservar os alimentos de maneira natural, eficiente e concentrada, são muito bem vistos pela vasta e rica indústria alimentícia. Um desses, é o acidulante ácido cítrico, que serve como um poderoso componente químico para fins bem específicos e positivos. 

Dado essa realidade, já nos tópicos a seguir, visando entender um pouco mais desse famoso ácido que pode ajudar, e muito, a indústria de alimentos com a elaboração dos seus produtos, trouxemos alguns tópicos específicos que explicam mais detalhadamente o que esse ácido realmente é e as suas devidas aplicações no ramo de bebidas e também na indústria de alimentos. 

O que é o acidulante ácido cítrico?

O acidulante ácido cítrico (ou ácido 2-hidroxi-1,2,3-propanotricarboxílico) nada mais é do que um ácido de origem orgânica que é amplamente encontrado nos citrinos (derivados de frutas cítricas, como o limão e até mesmo a laranja e até mesmo de algumas verduras). O produto ácido cítrico costuma ser amplamente utilizado na cozinha como um potente conservante natural, diante das suas características antioxidantes. Ele também costuma ser conhecido quimicamente como acidulante INS 330.  

Esse ingrediente tem um característico sabor ácido e refrescante quando é usado na intenção de ajudar no preparo de bebidas e alimentos.

Grande parte do acidulante ácido cítrico que é comercializado no mercado alimentício mundial, tem sua origem direta na fermentação. Somente uma pequena parte do acidulante ácido cítrico disponibilizado é extraído realmente das frutas cítricas e das verduras. Ele pode ser solúvel na água, no etanol e até mesmo no composto do éter.

Quando utilizado pela indústria de alimentos em uma temperatura ambiente, o ácido cítrico fica disposto como um pó branco de uso. 

Em um contexto geral, ele pode até mesmo existir quimicamente como um ácido cítrico monohidratado (que se cristaliza quando em contato com a água fria) ou até mesmo como um anidro (que se cristaliza quando em contato com a água quente).

Aplicações do acidulante ácido cítrico nos alimentos

O componente acidulante ácido cítrico costuma ser usado pela indústria de alimentos como um poderoso aditivo. Logo a seguir, entenderemos um pouco mais sobre a sua aplicação de uma maneira geral.

O acidulante ácido cítrico atuando como conservante

Como conservante, o ácido cítrico reduz o pH dos alimentos, aumentando dessa maneira, o seu tempo de vida e boa conservação até a sua chegada para o consumidor final. Nessa aplicação, é reduzida a chance de crescimento de microorganismos nos alimentos, tendo em vista que estes organismos dependem de um Ph elevado para sobreviver. 

O acidulante ácido cítrico atuando como antioxidante

Como antioxidante, esse ácido evita que haja oxidação dos alimentos vegetais quando eles são cortados para o consumo. 

O acidulante ácido cítrico atuando como aromatizante

Como aromatizante, atua trazendo um sabor mais ácido para os alimentos e também para as bebidas, potencializando dessa maneira, outros sabores que devam ficar em destaque na hora do consumo pelos clientes.

Esse componente costuma até mesmo ser muito utilizado em vários tipos de alimentos e bebidas, como nos refrigerantes, nos sucos, gelados e etc. 

As vantagens da utilização do acidulante ácido cítrico

Basicamente, o ácido cítrico costuma ser mais usado pela indústria de alimentos e até mesmo pela indústria de líquidos, tendo até mesmo mais de 65% da sua produção destinada para essa finalidade. Esse elemento químico apresenta propriedades que são: 

  • Reguladoras de acidez;
  • Acidulantes;
  • Sequestrantes;
  • Antioxidantes;
  • Flavorizantes.

Por conta dessas poderosas propriedades, a indústria de alimentos utiliza muito o acidulante ácido cítrico como:

  • Esse componente químico pode atuar ativamente como estabilizante para os alimentos considerados como laticínios;
  • Ajuda a realçar o gosto para consumo de refrigerante;
  • Atua como um poderoso conservante de alimentos, prevenindo de maneira efetiva que os microorganismos se proliferam nos alimentos;
  • Ajuda a manter o pH correto para a produção de alimentos doces;
  • Atua contra os íons metálicos, impedindo que eles consigam modificar a cor dos líquidos;
  • Ajuda a combater o surgimento de manchas, sabores e até mesmo odores que possam ser desagradáveis em frutos do mar e também nos peixes. 

Considerações finais acerca do acidulante ácido cítrico

O ácido cítrico é considerado pela indústria de alimentos como um dos seus principais aliados na hora da produção dos seus mais variados tipos de produtos.

O consumo do ácido cítrico não traz nenhum risco para a saúde quando ingerido pelo corpo e é liberado e analisado como amplamente seguro pela própria Organização Mundial da Saúde, dado que a sua composição já existe de maneira natural no próprio organismo do ser humano. 

Produtos fabricados com o ácido cítrico terão uma conservação prolongada, na qual será possível a preservação da qualidade do produto.

Quanto à sua quantidade correta para a utilização nos alimentos e nas bebidas, a indústria de alimentos pode livremente adicionar as quantidades de ácido cítrico que desejar na fabricação dos seus produtos, dado autorização prévia do FDA (Food and Drug Administration). 

Mas vale ressaltar que, se o acidulante ácido cítrico for consumido de maneira excessiva pelas pessoas nos alimentos, ele pode danificar o esmalte dos dentes, produzindo uma enorme erosão na região bucal. O seu uso sendo feito de maneira excessiva também pode causar dores abdominais e gastrointestinais nas pessoas, por isso que a moderação de uso, é sempre indicada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.